Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Alex Kapranos e Billy Connolly s√£o os mais novos embaixadores musicais de Glasgow

28 de agosto de 2010 às 13:51 por Simone


Alex e o comediante, ator e m√ļsico Billy Connolly foram nomeados oficialmente os novos embaixadores musicais de Glasgow, pela UNESCO, e ter√£o a fun√ß√£o de promover a produtiva cena musical da cidade, em Glasgow e pelo mundo. Eles se juntar√£o ao compositor Craig Armstrong e √† Stephane Deneve, diretor musical na RSNO (Royal Scottish National Orchestra).

Em 20 de agosto de 2008, Glasgow foi oficialmente designada Cidade da m√ļsica pela pr√≥pria¬†UNESCO (lembrando que em 1990 Glasgow foi¬†eleita a capital Europ√©ia da Cultura).

A informação completa pode ser lida nesse link.

Obrigada ao Franz Ferdinand México pelo link!

Publicado por | Categoria(s): Artes,Kapranos | Tags: , , ,

Franz faz show em Edimburgo

25 de agosto de 2010 às 20:04 por tarci


Ap√≥s ir ao Festival Theatre no dia 18 desse m√™s¬†para tocar a m√ļsica “Machadaynu” (escrita por Robert Popper e Peter Serafinowicz) ao vivo no Stewart Lee’s Silver Stewbille com Tony Rodd, Alex quebrou um dente depois de comer um peda√ßo de porco. “Algu√©m conhece um bom dentista? Um peda√ßo muito duro de porco morto quebrou um molar. Hora de virar vegetariano de novo”, ele disse em seu Twitter h√° alguns dias.
O resto da banda também participou do show.

   

Essas e mais fotos do Festival podem ser vistas nesse flickr

A informação é do site California Chronicle

*Tony Rodd é um personagem criado pelo ator Kevin Eldon.

Nova edição da revista do FF:FC, #6 América do Norte

22 de agosto de 2010 às 16:29 por Simone


Depois de quase dois longos e tenebrosos invernos (ou ver√Ķes no hemisf√©rio norte), uma reformula√ß√£o na equipe que cuida do f√£-clube e¬†uma not√≠cia n√£o muito agrad√°vel que tivemos sobre o idealizador de tudo,¬†est√° pronta mais uma edi√ß√£o da revista do f√£-clube da banda, ou mais carinhosamente chamado de FF:FC.

Pra quem¬†faz parte do f√£-clube, essa semana foi enviado um e-mail avisando sobre a nova edi√ß√£o e sobre algumas mudan√ßas no formato da revista que antes era enviada para os membros pelo correio e¬†agora ser√° uma vers√£o online, uma e-magazine. O e-mail tamb√©m fala sobre uma nova p√°gina para o FF:FC com conte√ļdo exclusivo,¬†pr√©-venda de ingressos, al√©m √© claro, das revistas. Tudo isso em breve.

Por enquanto a revista disponibilizada é a Fan Club Magazine #6: FF in North America, que fala sobre a tour norte americana da banda no primeiro semestre de 2009. 

 

A próxima será sobre o Japão, e na primavera (outubro?) é a vez da revista sobre a turnê sul-americana! Lembrando que a revista sul-americana contou com a participação dos sites e fã-clubes de quase todos os paises por onde eles passaram. Textos, fotos, e vídeos foram enviados e acredito que será a revista onde os fãs mais participaram.

Estamos ansiosos!

Para quem quiser fazer parte do FF:FC √© necess√°rio pagar uma valor de ¬£19 por ano (aproximadamente R$52), mais informa√ß√Ķes:
http://www.franzferdinand.co.uk/fanclub/

Publicado por | Categoria(s): Artes,Banda,M√≠dia,Site | Tags: , ,

Mordidas Sonoras, ou para os mais conservadores Sound Bites

13 de agosto de 2010 às 19:20 por Simone


Um dia postamos no twitter algumas cita√ß√Ķes do livro Sound Bites¬†escrito pelo¬†Alex, em portugu√™s Mordidas Sonoras,¬†e comentamos que colocariamos no site o primeiro cap√≠tulo para download. Muita gente mandou mensagem¬†falando das cita√ß√Ķes e demonstrando interesse¬†em comprar o livro. Quem¬†quiser baixar¬†o 1¬ļ cap√≠tulo do livro √© s√≥ clicar¬†na¬†capa do √°lbum (logo abaixo).

Aproveitando o post no site e para aqueles que tem interesse em adquirir uma c√≥pia porque n√£o se contentam apenas com o 1¬ļ cap√≠tulo,¬†fizemos uma r√°pida pesquisa de onde comprar sem gastar muito.

Se n√≥s recomendamos o livro? Claro! Principalmente pra quem gosta de conhecer lugares pelo mundo e seus diversos ‘sabores’. √Č um livro bem divertido e as ilustra√ß√Ķes s√£o do Andy (Andrew Knowles, o quinto integrante do Franz). No final tamb√©m tem a transcri√ß√£o da parte que o Alex fala sobre o Brasil (que n√£o faz parte do 1¬ļ cap√≠tulo).

Mordidas Sonoras (Título original: Sound Bites)
Autor: Kapranos, Alexander Paul
Editora: Conrad (L√° fora: Penguin Books)
N√ļmero de p√°ginas: 142
Lançamento: 2007 (Lá fora: 2006)
      

Submarino – R$ 26,90 (previs√£o de entrega¬†1 dia √ļtil para a Grande S√£o Paulo)
Livraria da Folha РR$ 27,92 (previsão de entrega sob consulta)                                                    
Cia dos Livros¬†– R$ 29,25 (previs√£o de¬†postagem at√© 1 dia √ļtil)
fnac¬†– R$ 39,00 (entrega em 7 dias √ļteis para Grande S√£o Paulo)
Livraria da Travessa¬†– R$ 39,00 (previs√£o de¬†postagem at√©¬†8 dias √ļteis)
Saraiva¬†– R$¬†37,00 (previs√£o de entrega at√© 1 dia √ļtil para a Grande S√£o Paulo)
Livraria Cultura – R$39,00 (entrega em 24hs para algumas localidades –¬†vers√£o em ingl√™s sob encomenda)
Siciliano – R$39,00 (previs√£o de entrega at√© 1 dia √ļtil para a Grande S√£o Paulo)

 

Com 5 milh√Ķes de discos vendidos em todo o mundo, o Franz Ferdinand √© uma das principais revela√ß√Ķes do rock brit√Ęnico na √ļltima d√©cada. Por√©m, m√ļsica n√£o √© o √ļnico interesse dos seus integrantes – Alex Kapranos, vocalista, guitarrista e l√≠der da banda, trabalhou em in√ļmeros empregos antes do sucesso mundial – de professor universit√°rio a entregador de comida e chefe de cozinha. Essa liga√ß√£o especial com o mundo da gastronomia lhe rendeu uma coluna no jornal ingl√™s The Guardian.¬†Sob o t√≠tulo de ‘Sound bites’, a coluna de Kapranos tratava de gastronomia, mas com um ar mais despojado que os r√≠gidos cr√≠ticos culin√°rios mais t√≠picos dos jornais – o pr√≥prio Kapranos se autodefinia como um ‘gastro-aventureiro, ou algo assim’. Seus textos concisos, cheios de impress√Ķes quase po√©ticas e bom humor, transformaram-se em livro em 2006. ‘Mordidas sonoras’ traz material in√©dito e boa parte das colunas do Guardian – que coincidiu com a turn√™ mundial do Franz Ferdinand, entre 2005 e 2006.¬†¬†Em duas voltas e meia pelo mundo, Kapranos traz impress√Ķes alimentares de sua inf√Ęncia, hist√≥rias do seu trabalho nas cozinhas de Glasgow, aventuras ninja (com direito a sashimi de fugu – o venenoso baiacu) no Jap√£o, restaurantes fechados aos domingos na Fran√ßa, comida iraniana no Canad√°, sorvete de milho verde no Brasil, test√≠culos de boi na Argentina. Num mix de sabores, sons, cheiros e impress√Ķes visuais, Kapranos¬†¬†encarna, ao mesmo¬†tempo,¬†o rockstar tranq√ľilo, o turista acidental e o aventureiro gastron√īmico.”

————————————————–

*** Sobre o Brasil (parte transcrita do livro):

Códigos do Rio / Rio de Janeiro

Uma calda marrom escorre pela casquinha e pinga em meus dedos. Preciso de ambas as m√£os para segur√°-la. Atr√°s de mim, h√° uma est√°tua sem gra√ßa. Edif√≠cios velhos e sem gra√ßa est√£o por toda parte. A estradinha sem gra√ßa √© de m√°rmore branco, que brilha e queima minha retina com luzinhas coloridas. Quando fecho os olhos, elas parecem dan√ßar. O calor sob minhas sand√°lias √© insuport√°vel. Tenho 5 anos e estou em √Čfeso. Meus pais querem me educar. N√£o estou interessado. Nunca provei um sorvete como este antes. Ele n√£o tem s√≥ sabor de chocolate: tem v√°rios pedacinhos de chocolate.

Agora √© uma calda amarela que escorre pela borda. Eu a aparo com a l√≠ngua, antes que atinja meus dedos, e logo me lembro de √Čfeso. Jesus estica os bra√ßos no nevoeiro. O P√£o de A√ß√ļcar aparece nublado √† minha frente. Copacabana e suas curvas ficam l√° embaixo. Rio. Perto do mar, ah! Nunca provei um sorvete como este antes. Ele n√£o tem s√≥ gosto de milho verde: tem pedacinhos de milho verde, part√≠culas mastig√°veis na massa muito amarela. Urubus tra√ßas arcos silenciosos abaixo do bondinho.

Junto de nossos pratos, discos de papelão indicam se queremos mais ou não. No lado vermelho, um porco de cara gorda bate levemente na barriga inchada, enquanto a outra mão acena com feliz resignação: Não, obrigado! No lado verde, ele segura a faca e o garfo, sorrindo com regozijo glutão: Sim, por favor! Nossos amigos brasileiros nos trouxeram à churrascaria Porcão.

Enchemos nossos pratos com alcachofra, palmito e cogumelo em um opulento buf√™ de saladas. O prato de Eduardo est√° vazio. Ele sorri pacientemente. Gar√ßons com aventais negros emergem da fornalha, atrav√©s dos port√Ķes de ferro forjado.

Cada um segura um espeto de carne rec√©m-sa√≠do do fogo: ling√ľi√ßa, alcatra, pernil de cordeiro. O disco do Eduardo permanece vermelho. Um espeto de picanha aparece. O corte nobre. A ponta da alcatra. Eduardo gira o disco para o lado verde. O fac√£o do gar√ßom fatia a camada exterior, de apar√™ncia caramelada, revelando o vermelho profundo e suculento. Uso o pegador ao lado do prato para apanhar meu peda√ßo. √Č boa.

Marta desdenha a id√©ia de fil√©-mignon – macio, mas sem sabor. A ponta de um espeto bate na mesa. A l√Ęmina da faca atravessa o que parecem ser cinq√ľenta castanhas-de-caju rechonchudas. S√£o cora√ß√Ķes de frango. O gar√ßom coloca uma d√ļzia deles no meu prato. S√£o mais firmes, muito gostosos e mais carnudos do que as outras partes do frango. Ou√ßo algu√©m murmurando que a carne bovina brasileira pode ser comida por vegetarianos, de t√£o pura e org√Ęnica. O √ļltimo disco gira do verde para o vermelho.

Fonte: Bravo Online – arquivo com o 1¬ļ cap√≠tulo
¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬† Folha Online – transcri√ß√£o ‘C√≥digos do Rio’

Edwyn Collins acompanhado no palco por Alex Kapranos do Franz Ferdinand em Londres

12 de agosto de 2010 às 20:16 por Simone


A lenda indie escocesa¬†divulga seu¬†novo √°lbum “Losing Sleep” no 100 Club.

O vocalista do Franz Ferdinand Alex Kapranos juntou-se¬†no palco a Edwyn Collins¬†para a divulga√ß√£o de seu novo √°lbum “Losing Sleep” no 100 Club em Londres na noite passada (11 de agosto).

Kapranos aparece na m√ļsica “Do It Again” cantando e tocando guitarra, e repetiu o feito no show, antes de permanecer no palco tocando guitarras adicionais em uma vers√£o do¬†sucesso de Collins de 1995 “A Girl Like You”, que fechou o set principal.

Romeo Stodart do The Magic Numbers tamb√©m se juntou a Collins, assim como¬†fez no √°lbum, para “It Dawns On Me”.

Collins, cuja banda incluiu a estrela do Sex Pistols Paul Cook na bateria, abriu seu set com a m√ļsica t√≠tulo do √°lbum que ser√° lan√ßado em 13 de setembro. Outras can√ß√Ķes novas tocadas foram “Searching For The Truth‚ÄĚ e “What Is My Role?” escrita em parceria com Ryan Jarman do The Cribs, que n√£o estava presente no show.

A lenda indie tocou m√ļsicas que abrangem toda a sua carreira, incluindo o primeiro single de sua antiga banda Orange Juice, de 1980¬†“Falling And Laughing” e o sucesso de 1983 (Top Ten no Reino Unido) ‚ÄúRip’ It Up”.

Edwyn Collins tocou:

‘Losing Sleep’
‘What Presence?’
‘Make Me Feel Again
‘Dying Day’
‘Consolation Prize’
‘What Is My Role?’
‘Hope And Despair’
‘Wheels Of Love’
‘It Dawns On Me’
‘Home Again’
‘Rip It Up’
‘Falling And Laughing’
‘Don’t Shilly Shally’
‘Do It Again’
‘A Girl Like You’
‘Searching For The Truth’
‘Low Expectations’
‘Blue Boy’

*Atualizado:
 РVídeo do Edwyn com o Alex tocando Do It Again no show em Londres.
   Agradecimento: Izabella Mercier, que enviou o link pelo twitter. Obrigada!

                                 

Fonte: NME
Foto da setlist: The Quietus

РO próprio Alex alertou ontem pelo twitter sobre o show. Parece que a parceria vai longe, bom para nós que podemos ter notícias enquanto o novo álbum não sai.

Publicado por | Categoria(s): Kapranos,Shows | Tags: , ,

Alex reclama de vazamento de m√ļsicas na internet

4 de agosto de 2010 às 17:29 por admin


Em entrevista a uma r√°dio da BBC, Alex Kapranos reclamou da pr√°tica de distribuir m√ļsicas ilegalmente na internet. Segundo Kapranos, quem vaza as can√ß√Ķes n√£o se importa com nada, ‚Äúsimplesmente quer ser a pessoa que vazou. ‚ÄėEu sou o cara que vazou o Arctic Monkeys‚Äô‚ÄĚ, opinou.

Kapranos lembrou de um show que o Franz Ferdinand fez com o Arcade Fire e que logo em seguida estava na internet.

‚ÄúN√≥s demos c√≥pias em CD para os rapazes que trabalharam no show conosco. Foi um dos c√Ęmeras daquele show que vazou o √°lbum. N√≥s poder√≠amos seguir de volta at√© ele, facilmente, porque sempre que voc√™ d√° a um grupo uma grava√ß√£o como aquela, voc√™ coloca uma marca nela.‚ÄĚ

Segundo Kapranos, ele chegou a confrontar o c√Ęmera que afirmou ser contra o ‚Äúcapitalismo‚ÄĚ.

‚ÄúN√≥s lhe demos essa grava√ß√£o, n√≥s confiamos em voc√™, voc√™ estava trabalhando conosco‚ÄĚ, o cantor descreveu o encontro: ‚Äún√≥s pensamos que t√≠nhamos uma boa rela√ß√£o acontecendo aqui. E ele se voltou e disse: ‚ÄėEu n√£o acredito no capitalismo‚Äô. Voc√™ n√£o acredita no capitalismo? Bem, n√£o vou pagar a voc√™ as 20 mil libras pela filmagem.‚ÄĚ

O terceiro √°lbum da banda, ‚ÄúTonight: Franz Ferdinand‚ÄĚ,¬†vazou na internet em janeiro, dias antes do lan√ßamento oficial.

G1

Publicado por | Categoria(s): Kapranos |
  

Categorias

Arquivos

Links