Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Feliz aniversário Nick!

13 de dezembro de 2016 às 14:40 por Simone


nick-mccarthy

Manuela – primeiro single “Cracks In The Concrete”

22 de julho de 2016 às 20:42 por Simone


Com a pausa no Franz Ferdinand, o Nick está envolvido com vários outros projetos, um deles se chama Manuela. A Stereogum e a gravadora Lost Map contam a história por trás do primeiro single, recém lançado, “Cracks In The Concrete”, e o que esperar do álbum que tem lançamento previsto para daqui a 3 ou 4 meses. Uma turnê no final do ano também está prevista, mas ainda sem datas divulgadas.

Eles acabam de se apresentar no festival Peace & Noise #2 em Munich :) (devido aos acontecimentos do dia 22/07 a apresentação não aconteceu).

——————————

Ouça “Cracks In The Concrete”

Fonte: Stereogum  – @PTrewn | 11 de julho 2016

Na sexta passada, o Franz Ferdinand anunciou que o guitarrista Nick McCarthy sairia da banda por um tempo, a primeira mudança na composição nos 16 anos de história do grupo. A decisão surgiu de um desejo de passar mais tempo com sua família, em vez de passar por outro ciclo de gravação / turnê do próximo álbum do Franz Ferdinand. A declaração da banda incluía que esta licença “é uma grande oportunidade para ele explorar alguns de seus outros interesses musicais,” e apenas um fim de semana mais tarde, estamos descobrindo que o novo projeto e a o tempo com a família andam de mãos dadas. Manuela é a colaboração musical de McCarthy com sua esposa, a vocalista e compositora Manuela Gernedel, e “Cracks In The Concrete” é o primeiro single lançado pelo casal.

Gravado no estúdio de McCarthy, Sausage, em Hackney, Londres, e co-produzido por Sebastian Kelig, “Cracks in the Concrete” é um dance-rock furtivo, discreto que se arrasta com linhas de guitarra ecoantes e crescentes. “A baby was born in my house last night/ And I dreamt of money and success/ My friend got robbed outside his flat/ And I dreamt of a baby,” (“Um bebê nasceu em minha casa noite passada / E eu sonhei com dinheiro e sucesso / Meu amigo foi roubado perto de seu apartamento / E eu sonhei com um bebê”), Gernedel canta num tenor ágil. Aqui Gernedel explica a inspiração por trás da canção:

Em termos de letra, “Cracks in the Concrete”, assim como  a maior parte do álbum, fica indo e voltando entre uma narração e um monólogo interno. Cracks in the Concrete foi parcialmente inspirada pela frase em Francês “sous les páves, la plage!”, que surgiu durante a revolta dos estudantes ocorrida lá em maio de 68. Traduzindo por cima, quer dizer “há areia embaixo do asfalto!”. Fala sobre o potencial de rupturas e rompimentos. É tudo mórbido e está se despedaçando e você tem de continuar dizendo a si mesmo que vai dar tudo certo (“everything is healing” / “tudo está sarando”).

Compre “Cracks In The Concrete” aqui. O álbum de estreia, Manuela, será lançado em breve pela Lost Map Records. Ele irá contar com Jim Dixon (Django Django), William Reese (Mystery Jets), Roxanne Clifford (Veronica Falls), e Paul Thomson (Franz Ferdinand) como convidados.

——————————–

A gravadora Lost Map também falou sobre o lançamento…

“Lançado como single em formato cartão postal PostMap e download, disponível exclusivamente no lostmap.com, e acompanhado por um palpitante b-side disco-remix produzido pela DJ Nadia Ksaiba, é uma alegre apresentação ao seu viciante, eclético, fora do normal e refrescante pop ‘faça-você mesmo’, e uma ótima amostra do álbum de estreia prestes a ser lançado.

Gravado depois que McCarthy terminou a turnê da colaboração do Franz Ferdinand e Sparks, o FFS, ‘Cracks in the Concrete’ representa a primeira canção que Gernedel e McCarthy fizeram juntos como Manuela, e sua chegada incansávelmente divertida e refrescante, com suas linhas de guitarra arranhadas e serpenteadas, sintetizadores análogos esmagadores e um gancho melódico persistente vão fazer você apertar o ‘play’ sem parar. Apresentando letra e voz por Gernedel e música composta e tocada por McCarthy, foi feito no estúdio de McCarthy, Sausage, em Hackney e co-produzido por Sebastian Kellig. O álbum Manuela, está sendo finalizado no momento e com data de lançamento ainda a ser determinada”

1

O vídeo foi gravado em uma fábrica têxtil vizinha ao Sausage Studio (e algumas cenas internas do estúdio) e já está disponível.

     

 

Créditos dos links e para mais informações: Fuck yeah Sausage

Tinkershrimp & Dutch РNick, Andy e Sebastian apresentam as composi̵̤es para o desenho da Nickelodeon UK

10 de julho de 2016 às 17:12 por Simone


Muitos tem curiosidade de saber mais dos trabalhos paralelos do Nick fora do Franz, ainda mais agora que ele poderá dedicar mais tempo a eles durante os próximos anos.

Nick e Andy tem um estúdio em Londres, apelidado pelo Andy de “Sausage Studios” no qual o Nick completou chamando de “Sausage Studios, the wurst sound in London” (um jogo de palavras com duplo sentido entre o inglês e o alemão). Lá eles produzem entre outros algumas bandas, composições próprias e também fazem parcerias. Eles foram convidados então a compor e produzir as músicas dos episódios e o tema de abertura do desenho animado Tinkershrimp & Dutch da Nickelodeon UK, que foi desenvolvido por volta do segundo semestre de 2015 .

Tinkershrimp & Dutch é uma série de 5 mini episódios exclusivamente veiculados sob demanda e por serviços online que estreou em 15 de janeiro e teve seu último episódio divulgado em 12 de fevereiro de 2016. A série conta a história de um lagostim e um lóris-preguiçoso, chamados Tinkershrimp e Dutch respectivamente, que trabalham como seguranças para um rei. Existe a possibilidade de mais episódios serem criados em breve.

Esse primeiro vídeo mostra o resultado final do tema de abertura do desenho, composto e cantado por eles…

 

     

 

O Nick fala que sempre quis fazer música para um programa de TV infantil por achar alguns absolutamente geniais e conta que ele e o Andy compunham no ônibus, nos aeroportos durante os momentos de folga nas turnês. Andy diz que uma parte dessa abertura do desenho foi composta a 10 anos atrás e que partindo daí eles a modificaram e foram conversando, criando, deixando mais com a cara de cada episódio. Eles receberam as letras prontas, criaram as composições, tocam os instrumentos e o Andy canta…

 

 

 

 

 

     

 

Os diretores explicam todo o processo de concepção e desenvolvimento de idéias do desenho. A partir dos 05min30seg contam de onde surgiu a ideia de chamar o Sausage Studio para compor as músicas dizendo que como já trabalhavam com o Franz desde o começo da banda (chegaram a construir o site, fazer alguns videoclipes e um DVD), entraram em contato com o Nick que topou participar. Nick e Andy contam sobre as (poucas) instruções que receberam e a forma como foram pensadas as composições…

 

 

 

 

 

     

 

Por fim eles apresentam o Sausage Studios, falam sobre como começaram a tocar e compor, como é o processo de criação e composição musical e dão dicas para quem está começando.

 

     

 

Site oficial com mais informações sobre Tinkershrimp & Dutch

  

Categorias

Arquivos

Links